Treinamento sobre autenticidade no dia a dia


Treinamento Du Pont - Allessandra Canuto
Qual a melhor maneira de crescer como ser humano? Com certeza é compartilhando conhecimento.

E foi isso que fizemos dia 27/04/17 em mais um encontro promovido com sucesso na DUPONT!

Desta vez as participantes queriam saber mais sobre a influência da autenticidade no dia a dia profissional.

Foi um prazer trabalhar na ampliação da percepção sobre um tema tão novo mas que ainda é visto como gerador de conflitos.

Ser ou não ser autêntico no dia a dia de trabalho, eis a questão!

Veja mais

Treinamento de liderança na VIVARA

Planejando com autenticidade

Conflito de Preguiça

Quem nunca sentiu preguiça e…

…apertou o modo “soneca” na segunda de manhã.

…sentiu aquela vontade de arrumar uma boa desculpa para desmarcar o primeiro compromisso da segunda cedo.

…pensou em arrumar uma boa desculpa para ir embora do trabalho na segunda-feira logo depois do almoço.

São muitos os conflitos que temos com nossa preguiça típica de segunda-feira.

Mas a verdade é que basta a gente começar a se mexer, e colocar nosso corpo em movimento para esse desanimo desaparecer. Xô preguiça! Sai daqui!!

Afinal esta sensação do nosso corpo querendo mais descanso só acontece porque nosso sistema fisiológico está querendo economizar energia… Afinal ninguém avisou a ele que o final de semana acabou, avisou?! Nada mais é que o corpo querendo garantir energias suficientes para chegar bem até o final do dia!

Então uma boa opção seria adicionar a prática de exercícios físicos diariamente para dar uma acelerada no organismo, ir andando ou de bicicleta para o trabalho. Fazer um passeio admirando a vista após o almoço. Ou pode até ser dar uma boa espreguiçada no meio da tarde, esfregar as palmas das mãos uma na outra pra gerar energia, dar uns tapinhas no corpo pra ele se ligar que tá na hora de ficar alerta, bater os pés no chão pra aterrar sua energia com a Terra e voltar da órbita celeste, tomar um cafézinho pra dar uma acordada ou um suco natural energizante.

Funciona pra mim… Te convido pra testar e depois me contar.

Afinal ficar se culpando de não querer fazer nada, não vai resolver a situação.

Essa sensação de desanimo é um modo fisiológico de funcionar para regenerar nosso sistema físico e mental.

Ter preguiça não é um problema, procrastinar que é!

Só não dá pra se entregar sempre, kkkk….

O jeito é não ficar parado e sacudir a poeira! Bora começar?

Veja também:

5 Dicas para um planejamento de sucesso

Formas de experienciar a vida pessoal – parte 2

Como colocar seu plano em ação

Planejamento de Sucesso, como conquistá-lo?

5 Dicas de Planejamento de Sucesso | Alle ao Lado | Allessandra Canuto

Para alcançar o planejamento de sucesso, o pensamento estratégico é uma das principais chaves para atingir os objetivos traçados para as mais diversas áreas. Não apenas aplicado no ambiente corporativo, um planejamento bem feito também pode impulsionar conquistas nos âmbitos familiar e financeiro. É por isso que um plano pessoal torna-se essencial para o crescimento e realização de sonhos – em todos os sentidos.

Para construir esse “plano de vida”, é necessário praticar uma autoanálise sincera. “A primeira coisa é pensar como você quer que sua vida esteja em 2020 e especificar tudo que deve ser feito impreterivelmente em 2017. Depois, elenque os objetivos mais relevantes, verifique quais competências estão ao seu favor e também o que pode impedir a realização das metas, crie um plano de ação detalhado e use suas habilidades em prol do mesmo. Por fim, liste as ações que podem te atrapalhar e evite-as”, explica a facilitadora e palestrante Allessandra Canuto, da empresa Alle ao Lado.

Confira algumas dicas simples para tirar do papel a sua lista de desejos:

Invista no autoconhecimento

Conhecer-se é uma maneira de diagnosticar o que precisa ser feito para chegar aos seus objetivos. Dedicar tempo e esforço para buscar a sua essência – por meio da leitura, cursos, terapia, diálogos – só trará benefícios. “As pessoas precisam ampliar a percepção a respeito de si, para identificar quais as necessidades que precisam ser atendidas e se sentirem confortáveis com a vida a ponto de poderem ser elas mesmas”, explica a facilitadora.

Olhe para o futuro próximo

Não pense muito a frente. Isso só fará com que perca tempo e energia, além de não trazer resultados palpáveis. Períodos menores, entre três, cinco e dez anos permitem criar o planejamento adequado para o sucesso.

Defina os objetivos

Tenha muito bem delineado qual a sua situação atual, onde quer chegar e quais os passos para efetivamente conquistar as metas traçadas. “A dica principal é encontrar o que se ganha e o que se perde ao conquistar o objetivo idealizado, pois muitas vezes sabotamos nosso plano por não querer perder algo que faz parte da rotina”, comenta a Allessandra Canuto.

Escreva tudo

Escrever todas as etapas do planejamento torna-o fácil e organizado. Ao colocar no papel (ou em uma planilha) os objetivos, prazos e o plano de ação, fica mais simples monitorar seus passos e identificar possíveis oportunidades e riscos. Mas não fique preso: depois de um tempo é aconselhável analisar e monitorar os resultados para possíveis correções.

Não dê um passo maior que a perna

Planos muito elaborados e de difícil execução são praticamente uma passagem direta para o fracasso, gerando frustração. Um bom planejamento é aquele possível de ser implantado dentro da realidade. Porém, caso se decepcione, não pense que tudo está perdido. “A maneira mais rápida de lidar com a frustração é fazer uma análise do que impediu o objetivo de ser realizado, e, posteriormente, verificar foi aprendido”, fala Allessandra Canuto.

 

Veja também:

Como colocar seu plano em ação
Planejando com autenticidade

Dicas da Alle

Veja várias dicas da Alle para você:

Dicas da Alle | Atividade física deve ser iniciada com acompanhamentoDicas da Alle | Mudança profissional feita em etapasDicas da Alle | Mudança profissional feita em etapas

Dicas da Alle | 10 passos para fazer diferente em 2017

É sempre um prazer contribuir para os meios de comunicação que realmente se importam com o desenvolvimento das pessoas.

Veja mais:

Insatisfação: o estalo para mudanças

Treinamento de Alta Performance

Emoções, comportamentos e resultados: a tríade do prazer

Inteligência Emocional

Quem domina a inteligência emocional consegue manter um equilíbrio na vida de forma mais agrdável.

Falar sobre motivação sempre me motiva!

Especialmente quando sei que o público que irá consumir estas informações se interessa pelo assunto.

Inteligência Emocional - Allessandra CanutoInteligência Emocional - Alle ao Lado

Veja mais:

4 formas de despertar seu poder interior

Pensamentos positivos auxiliam na resolução de problemas

Treinamento de Negociação e Influência

Palestra de planejamento em vendas

Palestra de planejamento em vendas | Alle ao Lado

Fiquei emocionada com a receptividade e com a reação da plateia da Associação Comercial da Distrital Noroeste.

Falar de comportamento e planejamento em vendas é sempre incrível. Consigo relembrar de várias situações que me trouxeram até aqui.

O encontro foi organizado para comemorar o Dia do Comerciante e a ideia de fechar o encontro com uma dinâmica de Pitch de Vendas foi impressionantemente incrível.

Veja mais:

5 dicas para um planejamento de sucesso

Treinamentos e Palestras

10 dicas para não virar escravo das vendas

Inovação ou Nova Ação?

Inovação é o termo da moda nas empresas há alguns anos. Uma rápida olhada no dicionário irá nos mostrar o que ela significa:

  1. Ação ou efeito de inovar;
  2. Aquilo que é novo, novidade, coisa nova .

Parece que o dicionário não ajudou muito, certo?

Vamos então olhar para a etimologia da palavra.

Inovação vem de RENOVAÇÃO. Ainda confuso?

Imagino que sim, afinal essas simples definições não nos levam a entender como aplicar a Inovação no dia a dia do mundo dos negócios.

Quando se fala em Inovação nas empresas muitos já torcem o nariz e pensam:

“Ih, lá vem algo novo”! Ou então há aqueles que imaginam: “Inovação? Humpf, lá vem novas ações, mudanças na rotina, para chegarmos aos mesmos resultados.

Mas é claro que não é nada disso!

As mudanças fazem parte das empresas, mas muita gente tem medo delas. Porém o processo de Inovação é importante para fazer a diferença e obter resultados melhores, mais competitivos. De acordo com uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria, 38% dos empresários brasileiros consideram a competitividade como o principal fator de motivação para inovar.

Mas, afinal, o que significa fazer diferente? Primeiramente deve-se estar sempre aberto à mudança, analisando todas as possibilidades; significa entender o mercado e conectar elementos de universos diferentes para propor algo à empresa; é algo que está no dia a dia, próximo, e pode ser implantado por todos.

A Inovação está longe de ser algo que vira a empresa de ponta cabeça e precisa ser conduzida por um profissional considerado uma “mente criativa”. Ela é um processo, que deve estar inserido na estratégia da empresa e, a partir do repertório do gestor e sua equipe, ser praticado e melhorado (exige constante revisão de processos e melhoria contínua).

Que tal exercitar esse processo junto com a gente?

Veja mais

Você escolhe o resultado da sua negociação?

Insatisfação: o estalo para mudanças

Exercite sua criatividade e fortaleça seus resultados

Como a insatisfação pode nos ajudar?!

É uma característica do ser humano nunca estar satisfeito. Em algum  momento, todos nós sentimos que precisamos mudar alguma coisa em nossas vidas. Se você se questionar enquanto está lendo este artigo, “o que é que não está legal na minha vida pessoal ou na minha carreira?”, certamente irá encontrar uma resposta – ou várias!

Seu relacionamento amoroso poderia ter mais cumplicidade?

Gostaria de ficar mais tempo com seus filhos?

De ganhar mais dinheiro, trocar de carro, viajar mais?

Ser admirado profissionalmente ou reconhecido pelo seu engajamento em projetos sociais?

E quanto aos resultados. Já teve a impressão de que todos ao seu redor conquistam o que desejam e você não?

Por que isso acontece? Você sabe o que realmente deseja e como alcançar os melhores resultados?

Quantas vezes já ouvi pais e mães falando de seus filhos gêmeos ou não que receberam a mesma educação e se tornaram totalmente diferentes?

Isso também acontece no âmbito corporativo. Em alguns casos, empresas do mesmo segmento, com características e estilo de gestão semelhantes alcançam resultados divergentes.

Qual será a explicação para essas situações? Uma primeira hipótese pode ser a forma como cada um negocia com suas próprias expectativas, a maneira como elenca seus objetivos, a qualidade do monitoramento durante as atividades e a definição dos resultados a serem alcançados.

Insatisfação | Alle ao Lado

A segunda, recai sobre o foco, a energia, persistência e a determinação aplicados durante o processo de execução de qualquer projeto. Como diz um amigo meu: “as pessoas não falham, elas desistem”.

Insatisfação x Desejo de mudanças

Devemos encarar nossas insatisfações e resultados não tão bons pelo lado positivo.

O ideal é que a insatisfação venha atrelada ao desejo de mudança. Quando somos capazes de identificar o que queremos, o passo seguinte é escolher os resultados que vamos buscar.

Temos a tendência de entender a insatisfação como algo negativo, o que é bastante compreensível, já que esta emoção pode paralisar, gerar conflitos ou até despertar vontade de fugir de uma situação difícil.

Se você tiver claro o que realmente deseja alcançar na sua vida pessoal e profissional, a insatisfação será apenas a energia que irá te impulsionar no processo de aperfeiçoamento.

Através de autoconhecimento e dedicação, você pode determinar a qualidade dos resultados das suas ações. Não perca tempo!

Veja mais:

Estou desempregado, e agora?

Alta Performance, como conquistá-la?

Treinamento de Gestão de Conflitos

Todos os dias, consciente ou inconscientemente nos comportamos de acordo com as diferentes situações do dia a dia. Mas afinal, qual a relação entre o que o sentimos e fazemos? Estudos psiconeurológicos comprovam que nossas escolhas estão conectadas com as memórias emocionais que acumulamos ao longo do tempo. Por exemplo, se decidimos começar a malhar, essa decisão surge atrelada a um fator emocional que nos levará em direção a algo que desejamos – emagrecer ou ganhar massa corporal.

 

Sabendo que nossas emoções estão diretamente relacionadas com nossos comportamentos, não restam dúvidas de que cada experiência gera um resultado e uma oportunidade de conhecimento diferentes. Mas, o que fazer para aumentar o prazer das nossas atividades cotidianas como estudar, trabalhar e  curtir a vida?

Em primeiro lugar, é importante que você defina um objetivo significativo a ser conquistado, ou seja, um propósito, algo que irá direcionar suas ações e aumentar sua vontade de realizar. Sem um objetivo definido, é possível escolhermos caminhos que não condizem com nossos propósitos e nos depararmos com as frustrações.

Em seguida, com o objetivo definido, busque na memória situações em que experimentou conquistas semelhantes e as emoções que te impulsionaram. Tente recrutar esse sentimento para te abastecer de energia diariamente. Não esqueça de elencar indicadores ou situações que sinalizem que você está no caminho certo para conquistar o que deseja.

Tríade do prazer | Alle ao Lado | Allessandra Canuto - Palestrante de Gestão de Conflitos

Valorize cada etapa do percurso e conquiste os melhores resultados.

Comece a agir com foco no seu propósito e fique atento aos resultados obtidos no decorrer do caminho.  Quanto mais resultados positivos obtiver, maior será a sensação de prazer. Isso indica que o percurso está valendo a pena e seu estímulo permanecerá ativo rumo a conquista final.

A percepção do prazer ativa seu sistema dopaminérgico ou sistema de recompensa. Ele é quem verifica o aumento da sensação de bem-estar e euforia. Quando esse sistema é estimulado, ele aumenta o desejo de repetir sensações positivas – lembre-se que emoções e comportamentos estão conectados.

É provável que você deseje repetir algumas ações, pois sua memória as associou com a sensação de prazer.

Voltando ao exemplo inicial (da prática de exercícios) é importante que a pessoa defina metas para conseguir monitorar suas conquistas. Percebendo que seu esforço está gerando resultados, você ativa seu sistema de recompensa e aumenta a vontade de fazer cada vez mais.

Utilize suas emoções para impulsionar comportamentos que lhe proporcionem os resultados que deseja obter.

Conquistar objetivos é uma excelente fonte de prazer!

Veja também:

5 Dicas para um planejamento de sucesso

Pare de buscar aprovação

Treinamento de Alta Performance na CEAGESP

Qual competência um líder deve ter?

6 Competência de Liderança

 

Ter uma equipe motivada e de alta performance é o sonho de qualquer empresa. Para tanto as companhias investem tempo e dinheiro para treinar seus executivos. Mas todo esforço por parte da empresa perde a força se os colaboradores esquecerem ou ignorarem comportamentos e atitudes fundamentais para liderarem suas funções. O cenário fica mais grave quando isso acontece em cargos de liderança formal, onde a expectativa para o direcionamento é maior.

Provavelmente você já se deparou com situações onde percebeu claramente que o impeditivo para a alinhamento de uma divergência se deu por falta de competências conceituais e não técnicas. Se você tem um cargo de liderança formal, é possível que você já tenha se sentido ignorado por seus liderados e isso causou um desconforto. É comum em situações como esta, você ter questionado sua capacidade de liderança e principalmente sua competência de gerar engajamento.

Na maioria das vezes esta situação acontece por falta de atenção no que diz respeito a preparar e utilizar suas habilidades humanas. As pessoas não se dão conta mas estão mergulhadas em um mundo repleto de crenças limitantes que a impedem de enxergar novas possibilidades. As pessoas cultivam pensamentos e hábitos limitantes à agir de maneira diferente da convencional e isso as impede desenvolver novas soluções para problemas comuns e recorrentes.

Para contribuir com a conquista de novos resultados na sua vida, convido você a desenvolver 6 competências imprescindíveis para qualquer líder de equipe, uma empresa, um projeto ou a conquista de um objetivo. São elas:

Competência do Conhecimento

Conhecer as dores da equipe, da empresa, dos clientes e saber como resolvê-las é fundamental para qualquer líder. Quando as pessoas percebem que você se dedica, estuda e pesquisa sobre os pontos citados acima, isso inspira maior respeito dos outros pelos seus posicionamentos.

Competência da Criatividade

Utilizar a criatividade como poder de transformar problemas em oportunidades. Essa paixão por resolver desafios e ajudar pessoas a supercar desafios incita a capacidade criativa para manter a energia de todos no estado “outstanding” (extraordinário, marcante) e isso contagia tudo a sua volta. Sempre tem um Terceira Alternativa, que visa a sinergia de interesse de todas as partes envolvidas.

Competência do Compartilhamento

Estimular o networking entre os líderes, para compartilhamento de suas visões a respeito dos desafios, das oportunidades e das possibilidades que cada um vivencia em suas áreas. A partir destas trocas de informações, as decisões tomadas beneficiarão mais de uma área e a empresa como um todo. Aqui também cabe citar a possibilidade do líder identificar um momento ou tarefa onde outro integrante do grupo pode assumir a liderança para conquista de melhores resultados. Neste caso se compartilha pontualmente a liderança em prol do objetivo maior.

Competência da Convicção

A convicção é contagiante e positivamente persuasiva se você acredita no seu propósito junto a seu grupo. Uma forma prática de estimular esta competência é implementar nas pessoas a sua volta crenças empoderadoras, que as auxiliem a confiar que tudo dará certo.

Competência do Cuidado

A forma mais simples porém uma das mais eficientes para se demonstrar cuidado é a escuta ativa. Importe-se com as pessoas e demonstre interesse por seu público alvo. Faça isso com entusiasmo. Utilize todas as ferramentas para demonstrar este cuidado, seja através de fóruns, reuniões, redes sociais ou mesmo e-mails trocados. Demonstre interesse pelo que seus liderados tem a dizer, compartilhe seu conhecimento e aprenda com eles.

Competência da Credibilidade

Fazer a Gestão da sua Credibilidade é imprescindível para que todas as demais competências se mantenham fortes. As maneiras mais eficazes de gerir esta credibilidade é fazer com que suas ações justifiquem suas palavras. Tenha atitudes que mostrem que você está trabalhando para formação de novos lideres. E nunca prometa o que não vai cumprir.

Minha sugestão é que você imprima agora uma folha com estas 6 competências em destaque. Agora convide sua equipe para discutir a respeito de como cada um pode contribuir para o propósito definido por vocês. Faça um acordo de utilização e estimule cada um dos participantes a partir do seu exemplo.

Você tem o direito de conquistar tudo que deseja e compartilhar com que está a seu lado.

Veja também:

Exercite sua criatividade e fortaleça seus resultados

5 Dicas para um planejamento de sucesso

Emoções, comportamentos e resultados: a tríade do prazer

arrow-right