Treinamento de Alta Performance na Ceagesp

No dia 14 de setembro finalizamos uma sequencia de treinamentos para o pessoal da Ceagesp com o treinamento de Alta Performance.

Foi na cidade de Tupan e estes treinamentos fazem parte das reuniões estratégicas anuais promovido pela empresa.

Os líderes foram convidados a participar desse treinamento e visualizar tendências e novidades para 2018. Fizeram também uma retrospectiva para analisar o que não deu certo em 2017.

No total foram 140 colaboradores que compartilharam desse momento. A nossa participação foi toda focada para engajar no aumento de performance, o que foi um desafio bem estimulante.

A maior parte dos participantes são pessoas de longos anos de carreira na empresa. Cerca de 20% dos participantes estão na empresa a mais de 30 anos. Os 80% restante esta em torno de 10 a 15 anos de casa. É muito tempo!

Esse tempo todo trabalhando no mesmo lugar, fazendo a mesma coisa durante muito tempo, executando seu trabalho de forma automática, sem inovar, sem pique pra experimentar coisas novas, ritmo low profile, em um nível performático de fazer o “mínimo necessário” é desmotivante. E isso é natural de ocorrer com funcionários de tanto tempo de casa e que não tiveram uma cobrança intensa durante esse período. Essa é a principal brecha para o comodismo e assim estagnar na zona de conforto. Mas agora com uma nova presidência, tudo mudou. As cobranças aumentaram e esses funcionários não sabem como reagir a nova situação. E ai que começa o meu trabalho!

Palestra de Alta Performance | Alle ao Lado

Conscientização foi a chave principal!

O grande desafio foi conscientizar essas pessoas de mudar e performar para a empresa, para o profissional, pessoa, reputação e carreira de cada um.

O resultado final foi que as pessoas ficaram muito agradecidas pelo “cutucão”. Não conseguiram visualizar essa nova perspectiva vinda de fora, e nem ver a importância de se desenvolver pessoalmente. Isso despertou interesse de todos os envolvidos a procurar caminhos e formas de como melhorar.

Os recursos utilizados foram palestras, dinâmicas e experimentar o conhecimento.  Começamos falando sobre o performar, qual a relação da performance com o desempenho, o quanto cada um coloca a sua régua na altura que lhe convém, se eu tenho alta performance ou se estou sempre buscando o “mínimo necessário”.

O fato de não ter uma cobrança externa muito forte, exige uma auto consciência muito maior de cada um sobre o seu melhor desempenho.

Performance x Comunicação

Além disso tudo, algo que ficou marcado nesse encontro foi a COMUNICAÇÃO.  A importância e o impacto da comunicação em relação a performance. A performance é constantemente prejudicada por pequenos conflitos gerados pela má comunicação.

Palestra de Alta Performance na Ceagesp | Alle ao Lado

As pessoas falam, pedem ou passam o trabalho do seu jeito achando que é obvio o que precisa fazer, mas não é tão obvio assim como as coisas parecem. Um exemplo que utilizamos, foi pedir pra cada um pensar em uma banana. Algumas pessoas imaginaram uma banana slpit, outras um cacho de bananas, outras uma única banana… o óbvio também tem interpretações diferentes quando não é explicado.

Conclusão: O óbvio é só óbvio pra quem pensa naquele óbvio . O óbvio também precisa ser dito.

Veja também:

Treinamento de Alta Performance

5 Dicas para minimizar os conflitos na sua empresa

Como lidar com o conflito de liderança entre gerações

compartilhe

Assine a newsletter

Acompanhe as notícias e fique por dentro das últimas novidades e conteúdo exclusivo.

posts relacionados

Como gerenciar suas emoções pode te tornar um profissional melhor

A falta de educação emocional dificulta identificar como nos sentimos e reagir, alertam especialistas
ver artigo
arrow-right