Seja mais competitivo na sua carreira e conquiste sua Plateia

plateia

 

 

Muitos profissionais que estão empregados reclamam de conseguirem oportunidades de crescimento nas empresas, mas não percebem que seu medo de arriscar pode estar restringindo sua possibilidade de ser visto para uma nova oportunidade.

Querer ser descoberto como uma “celebridade” ou “talento precioso” dentro das empresas, querer reconhecimento profissional e não fazer nada para isso, ainda é uma ilusão presente nas mentes de muitos profissionais que circulam pelas organizações. Estes colaboradores muitas vezes não contam pra ninguém das suas competências não exploradas pela empresa, não se mostram, e ficam guardando dentro de si um orgulho por serem muito bons, mas só reconhecem isso mentalmente, internamente. Nas relações que estabelecem não se mostram com receio de parecerem pretenciosos, mas, não tem nada mais pretencioso do que querer que alguém veja / reconheça algo que você não mostra.

Me parece que este desejo de ser popular, receber muitos convites de oportunidades de crescimento, ser reconhecido como “o cara”, ainda paira por aí, mas, a dor da dificuldade de se expor, da provável baixa autoestima, insegurança, falta de confiança, falta de autoconhecimento acaba atrapalhando sua ascensão.

Então o que fazer se vivemos num mundo onde a concorrência é tão grande, tão pesada, e só aumenta. Na minha percepção a melhor solução é aumentar a competitividade saudável, aquela competitividade de você consigo mesmo antes de mais nada, pois está em cada um de nós os principais impeditivos de conquistarmos o que pretendemos. Para isso elenquei algumas dicas para você experimentar.

Segue então os 10 principais recursos para você ser mais competitivo:

  • ((1)OBJETIVO CLARO) -> Faça uma lista dos seus desejos começando por elencar o que é importante para você na sua velhice, como você quer viver depois dos 60 ou 70 anos, pois segundo a expectativa de vida nesta fase você ainda terá muita energia para viver o que desejar. Depois pense  o que você tem que ter realizado daqui 20 anos para estar mais próximo da realização do seu desejo da velhice e anote na sua lista. A seguir anote o que tem que ser realizado em 10 anos para que você chegue aos 20 com o que disse e consequentemente aos 60/70. Faça o mesmo com seus desejos para daqui 5 anos e por ultimo descreva o que precisa realizar no próximo ano. Metas de curto prazo são mais fácil de controlar e dão motivicão para você continuar a perseguir a maior de todas.
  • ((2)CONVICÇÃO (FOCO)) -> Para desenvolver a convicção é importante ter o foco direcionado para a realização de um grande desejo. Afinal nosso desejo pode ser estimulado pelo busca do prazer ou para se evitar ou eliminar uma dor. Por isso olhe para sua lista de objetivos / desejos e verifique o que está port trás do grande desejo que você tem para seu mais longinquo futuro.
  • ((3)PLANEJAMENTO) -> agora é hora de você mapear a sim mesmo respondendo as pergntas abaixo:
    • Seus pontos fortes – que características, conhecimentos, habilidades e atitudes você tem que te ajudaram até agora?
    • Seus pontos de melhoria – que habilidades você acha que precisa desenvolver e que emoções precisa controlar?
    • No meio que você vive e conhece atualmente, que oportunidades você observa que pode aproveitar?
    • No meio que você vive e conhece que desfios ou obstáculos pode encontrar?
    • Onde você quer chegar, quais as característica quanto a conhecimentos, habilidades e atitudes você precisa ter? Aqui começa sua competição…consigo mesmo.
  • ((4)VELOCIDADE) -> Para você conquistar o sucesso no mundo de hoje é importante que esteja atento a velocidade das informações, e para te ajudar nisso é só você estabelecer no seu plano de ação prazos arrojados e assertivos. E lembre-se estamos vivendo a desintermediação das operações no mundo, então desperte seu espírito empreendedor independentemente da função que você realiza.
  • ((5)POLIVALÊNCIA) -> Liste todos os recursos importantes para se executar com excelência a função ou cargo que você almeja, depois disso faça benchmarking com pessoas de outras áreas que tenha estas características, agende almoço e outras atividades com estas pessoas para você perguntar como eles fazem o que você gostaria de fazer. Então, a partir destas pesquisas, defina seu posicionamento claro e trabalhe para criar sua assinatura e sua autoridade professional. E principalmente saiba o que você faz diferente dos outros, pois depois que passa a fase da utilidade do que você faz, fica o significado do que você fez.
  • ((6)VISÃO) -> Enxergar longe é uma das caracterísitcas das pessoas de sucesso. Para isso se faça perguntas inteligentes e que te movam para este futuro. Já dizia Fernão Capelo Gaivota “Vê mais longe a gaivota que vôa mais alto”.
  • ((7)CAPACIDADE DE REALIZAR) -> Neste item eu recomendo que você escolha uma pessoa que já conquistou o que você deseja conquistar para você usar como referência. E se for possível você cantatá-lo e solicitor que ele seja seu mentor, isso sera perfeito. Lembre-se que ser inovador é tão ou mais importante do que ser criativo, pois na minha concepção ser critativo é ter a ideia e ser inovador e realizar a ideia que teve.
  • ((8)CAPACIDADE DE SE RELACIONAR (LINGUAGEM)) -> Em uma pesquisa realizada por Robert Kelly, da universidade de Carniegie-Mellon, perguntou para milhares de profissionais: Qual a percentagem de conhecimento de que você necessita para fazer o seu trabalho está armazenada em sua mente? E as respostas evoluíram da seguinte maneira, em 1986 as pessoas respondiam em média 75%, em 1997 as pessoas passarem a responder entre 15% e 20 %. No século XX foi gerado mais conhecimento do que em toda história até então. Imagine como será daqui pra frente levando em consideração a velocidade em que são geradas as novas informações. Nossa inteligência não para na nossa pele, ela se abrange para o banco de dados, internet, redes de colaboradores, companheiros de repartição, colegas de formação e profissão, pessoas para quem eu posso telefonar ou para quem posso mandar mensagens eletrônicas. Com isso conclui-se a necessidade de bons relacionamentos para que os percentuais individuais somados no grupo alcancem os 100% na hora da execução. Então seja simpático, solícito e cuide de estabelecer bons relacionamentos.
  • ((9)CONHECIMENTO ATUALIZADO) -> Jamais, nunca, em tempo algum, pare de estudar, além dos cursos e especializações necessárias para sua carreira, digo que você deve estudar os acontecimentos do dia-a-dia e principalmente fazer análises do como estes fatos afeta as pessoas e como elas lidam com isso. Lembre-se sempre de estudar a respeito de si mesmo, esta é a materia mais desafiadora cuja avaliação do resultado você só terá acesso mais pra frente.
  • ((10)RESILIÊNCIA) -> As pessoas tem sua principal casa emocional, aquele espaço dentro de si que é comum nos fixarmos, aquele estado emocional do qual nos sentimos mais confortáveis, mas que na verdade são os que nos sabotam de progredir.  Uma forma muito comum de voltar para estas casas emocionais é ficar se contando hitórias, ficar se contando velhas histórias, aquelas que soam justificativas para que você se conforme em voltar para o estado natural, da zona de conforto. Essas histórias normalmente são cheias de crenças e verdades absolutas que nos impedem de seguir em frente. Quais são as casas que você está acostumado a voltar? E que casas você quer passar a frequenter agora dentro de você: paixão, alegria, foco, determinacão, amor.
  • AGORA É SÓ COLOCAR EM PRÁTICA E COLHER OS FRUTOS!
compartilhe

Assine a newsletter

Acompanhe as notícias e fique por dentro das últimas novidades e conteúdo exclusivo.

posts relacionados

Como gerenciar suas emoções pode te tornar um profissional melhor

A falta de educação emocional dificulta identificar como nos sentimos e reagir, alertam especialistas
ver artigo
arrow-right